Coronavírus: Rui Costa não descarta medidas ‘mais duras’ se população não colaborar

Com 63 casos confirmados de coronavírus na Bahia, segundo boletim da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), até as 11h desta segunda-feira (23), o governador Rui Costa (PT) não descartou medidas “mais duras” em relação à restrição do funcionamento de comércios no estado. Após ver imagens de aglomerações em bares e restaurantes, o petista pediu para que as pessoas tenham consciência para evitar a propagação da doença.

“Eu vi imagens de bares… soa arrogância e prepotência alguém achar que é super-homem. Eu peço que se você não está preocupado com a sua saúde, pense na saúde de seus pais, de seus avós, filhos. Porque essa atitude de lotar bar, lotar restaurante, é um comportamento inadequado. Isso é um crime com relação à saúde pública”, disse. E acrescentou: “Estamos adotando medidas restritivas progressivas. […] Mas se comportamentos como esses ficarem se repetindo, vamos ter que fazer medidas mais duras imediatamente”. Segundo o governador, a PM vai ajudar nas conscientização das pessoas que estiverem nas ruas.

PUBLICIDADE