Homem que aparece em vídeo sangrando em UPA, teve crise de convulsão, diz secretaria

Foto: Reprodução/Mídias Sociais

Está circulando em rede social o vídeo de um homem, ferido, no chão da Unidade de Pronto Atendimento Municipal Elizabete Dias Marques, localizada no bairro Queimadinha. Ele apresenta sangramento na altura da cabeça e alguém reclama do atendimento. A direção da UPA esclarece o que houve.

O cidadão de nome com iniciais P.R.O.S. foi levado para a UPA no dis 14 de junho, último domingo. Ele se queixava de dor no estômago. Antes mesmo de iniciar o atendimento médico, perdeu a consciência e sofreu uma queda ferindo a face e, consequentemente, sangramento.

A mãe dele detalhou o histórico do rapaz, que possui eventuais crises convulsivas. Segundo ela, o filho não faz o uso de medicação anticonvulsivante e ja foi vítima de acidente automobilístico por duas vezes, sofrendo trauma importante na cabeça.

“O atendimento médico foi o preconizado neste tipo de equipamento. Inicialmente o paciente foi acolhido pela enfermeira, que realizou escuta qualificada e fez a classificação conforme os critérios estabelecidos em protocolo de Acolhimento em Classificação de Risco (ACCR)”, informa a coordenação da UPA.

O Instituto Nacional de Pesquisa e Gestão em Saúde – INSAÚDE, entidade responsável pela gestão da Unidade de Pronto Atendimento reafirma o “compromisso ético de prestação de atendimento em conformidade às Diretrizes da Politica Nacional de Humanização, ouvindo, aconselhando e respeitando as opiniões dos pacientes para que eles tenham um tratamento de qualidade”.

As informações são da Secom