Acusado de assédio, Procurador-Geral de Feira admite ter feito sexo em repartição pública

Foto: Jorge Magalhães

Em depoimento à comissão sindicante da prefeitura de Feira de Santana no dia 16 de junho, o Procurador Geral do Município, Ícaro Ivvin, reafirmou que praticou sexo com uma servidora nas dependências da Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDESO), onde atuava como secretário interino.

Anteriormente o procurador havia dado a versão para a Polícia Civil afirmando que o ato foi consensual, no entanto, há pouco mais de um mês, uma queixa de assédio foi registrada na Delegacia da Mulher pela suposta vítima (veja aqui).

Dias atrás, Ícaro Ivvin nomeou uma advogada que defendeu-lhe no caso enviando uma carta escrita para a Delegacia da Mulher. Geruza Gomes dos Santos foi nomeada no último dia 6 para o cargo de subprocuradora de Moralidade Administrativa da Procuradoria Geral do Município.

De acordo com informações do Blog do Velame, em seu depoimento o procurador disse ainda que houve um desentendimento entre ele e Deodato Peixinho, ex-diretor de Parque e Jardins que também foi afastado por acusação de assédio (relembre aqui). A comissão sindicante deve publicar o parecer do apurado até sexta-feira (19).