Candidato a vereador é perseguido e morto a tiros, diz polícia

Os homens usaram armas de três calibres diferentes

Um candidato a vereador foi perseguido e morto com oito tiros na noite de sexta-feira (13), enquanto estava na frente da casa dele, em Correntina, que fica na região oeste da Bahia.

Segundo a polícia, testemunhas contaram que José Cláudio Castro de Souza (PL), estava sentado na calçada, quando duas pessoas chegaram em uma moto e dispararam tiros contra ele.

Foto: Reprodução

Ainda segundo informações, o candidato chegou a correr para entrar na residência, mas foi alcançado pela dupla e baleado.

O delegado Elyvisson Rodrigo, que investiga o caso, acredita que o crime pode ter sido mandado já que não houve roubo e os homens usaram armas de três calibres diferentes, o que pode caracterizar execução.

Um policial que mora ao lado da casa do candidato ouviu os disparos e chegou a trocar tiros com os suspeitos, mas eles conseguiram fugir.