‘Feira de Santana hoje é a segunda cidade com mais casos de Covid em toda a Bahia’, alerta secretário de Saúde do Estado

Fábio Vilas-Boas participou da inauguração de uma policlínica regional em Ribeira do Pombal.

Foto: Reprodução/Instagram

O secretário de Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, participou da inauguração de uma policlínica regional em Ribeira do Pombal, na manhã de sexta-feira (9). De acordo com ele, o aumento da transmissão da covid-19 em Feira de Santana é reflexo da desorganização do governo municipal. Vilas-Boas criticou a falta de um gripário e disse que o índice de mortes na cidade só é menor graças à intervenção do Governo do Estado que teve que abrir dezenas de leitos de UTI.

“Feira de Santana hoje é a segunda cidade com mais casos de Covid em toda a Bahia. É lamentável porque a cidade não se organizou, não existe um gripário, não tem um pronto atendimento dedicado para as pessoas suspeitas de Covid-19, o que aumentou muito a transmissão de casos naquele município e fez com que as UTIs estivessem lotadas. Infelizmente o povo com suspeita se mistura com quem não tem, e as taxas de internação e o número de casos só tendem a aumentar. Todos os outros 400 municípios do nosso estado, possuem um tipo de gripário e Feira de Santana não tem, isso é algo de responsabilidade do próprio município e por isso, a região é um dos principais centros de contágio de Covid aqui na Bahia”, destacou.